Home / Sedução Prática / Como ser O CARA Parte III

Como ser O CARA Parte III

Estar no estado certo ou State, é boa parte do seu sucesso e dos resultados que você vai obter, ou seja , deixar essa parte como algo secundário é um enorme erro.

Obs: leia também a Parte 1 e a Parte 2 dessa série.

Mas o que seria esse estado certo?

É simplesmente seu nível de humor e seu estado emocional positivo e feliz.

Ao prestar atenção em como estão sua sensações, motivações e para onde as mesmas estão lhe conduzindo estará tendo uma amplificação de resultados e qualidade emocional.

As suas emoções podem estar em diferentes níveis e mudarem de acordo com as mais variadas situações, muitas vezes as poucas horas dormidas, ou um leve mal estar pode fazer com que você fique em um estado emocional ruim, outra variável é o EGO citado no artigo anterior, por isso não se pode definir com muita certeza, qual a causa ou as causas de um estado emocional ruim, pois a visão distorcida de realidade justamente por estar nesse estado emocional alterado faz com que queiramos jogar a culpa no que parece ser o mais evidente, muitas vezes até mesmo em pessoas à nossa volta, ou até eventos triviais e sem muita importância, dessa forma não adianta tentar trabalhar nas causas, e sim ir diretamente ao uso das ferramentas adequadas para a mudança de estado, algumas delas podem funcionar melhor ou pior para você dependendo do momento, situação. ambiente e estado emocional que você esteja.

Abaixo listadas a principais com exercícios de como usá-las:

Ancoragem: Associar uma música, movimento corporal, roupa, cor, cheiro e até mesmo sabor à determinadas sensações é a maneira clássica de ancoragem, entretanto, cada pessoa será mais ou menos suscetível com determinada associação, o melhor é fazer uso de duas ou três dessas associações de uma vez, as mais poderosas são as ligadas à música, movimento corporal e cor.
Exercício: Coloque uma música que te coloque para cima, e associe-a com um movimento corporal, pode ser uma dancinha específica inventada por você, ou algum outro movimento ou dança, quanto maior o gatilho mais eficaz, ou seja, quanto mais a música mexer com você e quanto mais você se movimentar melhor, após algum tempo a associação cognitiva se consolida e apenas um estalar de dedos pode servir de gatilho para puxar esse humor, lembre-se, o corpo conduz a mente.


Sinta o momento:
Ao fazer qualquer projeção passada (ontem eu me dei mal) ou futura (o que farei se fulana ou ciclana fizer X) é colocar-se dentro de sua cabeça e prender-se em racionalizações, outra forma errada e ouvir a voz interior e analisá-la, ou seja, racionalizar demais ATRAPALHA.
Exercício: Faça uma imersão completa no ambiente, não apenas ouça a música superficialmente, se envolva com cada batida cada toque e deixe-se contagiar com o ritmo, esteja presente, ligue-se nas luzes e deixe-a também trabalhar em seu benefício, observe atentamente e perceba que é estímulos que te fazem bem, sinta o frio ou calor do ambiente e o ar deixe-o entrar e sair numa respiração ritmada, pode se inspirar e expirar mais atentamente e de maneira mais profunda, ou seja, faça sempre que puder essa imersão completa, e com todos os sentidos possíveis no ambiente.
Existem outros exercícios de estar no momento listados no livro “O Poder do Agora” de Eckhart Tolle, é um livro denso, mas que vale a pena à leitura.


Engenharia reversa:
Não espere sentir a emoção para expressá-la, expresse-a antes de sentir, o motivo para isso, é que funcionamos de uma maneira muito peculiar, se você fica com a cara fechada, em pouco tempo não só afetará as pessoas as suas volta, ou criará impressões negativas, mas isso afetará também seu estado emocional interno, mas se ao contrario você começar a sorrir e agir como se já estive sentido a emoção que quer, rapidamente verá seu estado emocional mudar, pesquisas feitas pelo psicólogo norte americano Paul Ekman, comprovou que ao modelar certas emoções como raiva e tristeza para entender os mecanismos biológicos dessas emoções, ele passou a sentir dessa forma, a perceber o gigantesco efeito da Engenharia Reversa das emoções.
Exercício: Sorria. Basicamente isso, tenha uma expressividade fácil positiva e feliz, emule a felicidade e positividade e passará a ter um humor melhor.

Motivação certa: Nosso cérebro funciona apenas com instruções claras, ou seja, se não houver uma MOTIVO e OBJETIVO certo, a tendência é não apenas andarmos sem direção certa, mas automaticamente passamos a fazer um auto-questionamento negativo o que faz com que não saibamos o porquê de estarmos tomando determinadas ações e onde queremos chegar.
Exercício: descubra e tenha em mente seu objetivo, e tenha um foco aonde quer chegar, crie assim seu “mapa” de como chegar lá, com uma previsão de tempo que levará, por onde terá que passar, e tenha FOCO onde está indo e use esse objetivo pré determinado para sua motivação pessoal.
Não busque o STATE: Fazer a racionalização de PRECISO entrar no estado certo agora, é colocar tensão e pressão sobre si mesmo e isso por si só faz o estado emocional não aparecer, pois automaticamente ao invés de buscar o viver o momento, você volta-se para CRIAR O MOMENTO, esse erro muito comum joga seu humor para uma série de racionalizações e espanta esse State.
Exercício: Esqueça de querer forçar o estado certo e procure divertir-se de maneira simples e sem muito peso sobre si mesmo, e tenha uma atitude como se fosse desnecessário estar em um humor adequado.

Nessa série com três artigos abordei aspectos basicamente do Inner game ou Jogo Interno, em breve novos artigo com a parte do Outher Game ou  Jogo Externo, abordarei nos próximos artigos duas bases principais do jogo externo a Logística e Delivery.


Um abraço e até breve

do seu amigo Lex

Sobre Alexander Voger

Alexander Voger é psicoterapeuta,consultor e palestrante. Formado em psicologia, é também mestre em psicanálise, com especialização em hipnose clinica e terapêutica. Conhecido como o Hitch Brasileiro por ser capaz de criar um passo a passo sob medida para que qualquer pessoa seja capaz de desenvolver poder de sedução para conquistar quem deseja. É famoso por mostrar ao vivo na TV como a sedução ocorre sendo constantemente requisitado para ser consultor de grandes programas de TV. Alexander já ajudou mais de 3 milhões de pessoas em 178 países diferentes através de seus artigos através do site Mundo H e colunas em sites de revistas e jornais.

Leia também

A guy and girl embracing in a hotel at night.

Vídeo: 2 dicas para superar a rejeição

E ae meu amigo tudo bom? Prepararei um vídeo especial para você com 2 dicas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Curso GRATUITO

Aprenda os SEGREDOS para Vencer a Timidez e Conquistar QUALQUER Mulher! INSCREVA-SE AGORA >>Acesso Imediato<<

100% Seguro e Livre de Spam

Curso GRATUITO

Aprenda os SEGREDOS para Vencer a Timidez e Conquistar QUALQUER Mulher! INSCREVA-SE AGORA >>Acesso Imediato<<

100% Seguro e Livre de Spam

Quer Acessar a Área VIP? Clique AQUI
Quer Acessar a Área VIP? Clique AQUI