CENSO ESCOLAR 2021: Escolas podem retificar informações erradas até 18 de abril

CENSO ESCOLAR 2021: Escolas podem retificar informações erradas até 18 de abril

CENSO ESCOLAR 2021: Escolas podem retificar informações erradas até 18 de abril

As escolas públicas e particulares têm até o dia 18 de abril para retificar alguma informação referente à segunda etapa do Censo Escolar 2021. Durante esse período, as instituições escolares também podem inserir informações não declaradas na coleta. Todo o processo deve ser feito pelo Sistema Educacenso. Os resultados vão ser divulgados em maio de 2022.

Segundo o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), Danilo Dupas Ribeiro, nessa etapa, estão sendo computadas informações sobre o movimento do aluno. “Nela [nessa etapa], serão coletadas informações relativas aos rendimentos dos estudantes, quantos foram aprovados e reprovados e ao movimento, quantos foram transferidos, deixaram de frequentar a escola ou faleceram.”

A partir desse levantamento, o INEP vai disponibilizar dados como a taxa de rendimento, fundamental para o acompanhamento de dados escolares dos estados e municípios. 

Primeira Etapa

A primeira etapa do Censo Escolar foi divulgada no dia 31 de janeiro deste ano. Segundo os dados, as matrículas na educação infantil registraram queda de 7,3% entre os anos de 2019 e 2021. Além disso, 653,499 crianças de até 5 anos saíram da escola. 

Em todos os anos de ensino, foram registradas 46,7 milhões de matrículas, uma redução de 1,3% quando comparamos com 2020. As redes municipais atendem a maioria dos alunos, com 49,6% de matriculados, seguido pela rede estadual, com 32,2% e a rede privada 17,4%. Ao todo, o país tem 178,4 mil escolas de educação básica. 

Também dentro das informações já divulgadas, foram registrados 2,2 milhões de professores e 162.796 diretores de educação básica. A maioria possui formação superior (89,5%) e é mulher (80,7%)

Veja mais 

Pouco mais de 30% das crianças de 0 a 3 anos são atendidas por creches
ENEM 2022: pedido de isenção da taxa começa nesta segunda-feira (4)
APRENDIZAGEM: 7 milhões de jovens entre 15 e 24 anos não estudam nem trabalham, diz Pnad

Censo

O Censo escolar é a principal pesquisa de educação básica no Brasil. Coordenado pelo INEP e com a participação de secretarias municipais e estaduais, conta com informações de todas as escolas públicas e privadas do Brasil. 

O secretário executivo do Ministério da Educação, Vitor Godoy, destaca a importância do estudo na formulação de políticas públicas. “São dados que vão subsidiar a formulação, monitoramento, avaliação de polícia públicas,  produção de indicadores que vão possibilitar a gente contextualizar o que está acontecendo na educação brasileira, assim como uma base de cálculo para transferências de recursos do fundeb para estados e municípios.”

Educação e Covid-19

Termina também no dia 18 de abril a coleta de dados da pesquisa “Resposta educacional à pandemia de covid-19”. Os dados deverão ser enviados por todas as escolas, também pelo Sistema Educacenso. É a segunda vez que o formulário é aplicado e tem como objetivo levantar dados sobre as “estratégias adotadas pelas escolas para lidar com os desafios impostos pela pandemia no Brasil”, conforme explicou o INEP.
 

]]> Brasil 61